Vereadores Serjão e Cida Boiadeiro protagonizam cenas patéticas na Câmara de Medeiros Neto

[Vereadores Serjão e Cida Boiadeiro protagonizam cenas patéticas na Câmara de Medeiros Neto ]
19/09/2019 18h23 Em: Medeiros Neto comentários

A sessão ordinária desta segunda-feira (16), na Câmara Municipal de Medeiros Neto foi um verdadeiro "show de comédia pastelão" com direito a troca de farpas e acusações. Vereadores protagonizaram cenas lamentáveis, usando palavras de baixo calão e até ofendendo a moralidade do outro.

No centro da discussão, os edis Sérgio Lacerda (Serjão) e Maria Aparecida dos Santos (Cida Boiadeiro). Na Casa Legislativa, o público, já escasso durante as sessões, acompanhou a confusão vergonhosa.

Em imagens extraídas da TV Câmara, é possível se ter uma noção do despreparo e desrespeito evidenciados durante o bate-boca.

Em um primeiro momento, o vereador Serjão questiona a sua amizade da vereadora Cida após mencionar um episódio em que ela pede voto a um funcionário que trabalha em determinada fazenda de sua propriedade.

"A senhora não é amiga nem de seus pais, quanto mais meu. Peça com suas próprias palavras. A senhora não é amiga de ninguém" - disse Serjão em meio a seu discurso.

Cida Boiadeiro começa suas investidas contra o pronunciamento do colega.

"Eu tô com a palavra e não cedo" - retrucou Serjão.

Vereadores Serjão e Cida Boiadeiro protagonizam cenas patéticas na Câmara de Medeiros Neto

Em um outro vídeo, já com o microfone da Casa voltado para a vereadora, Cida responde às declarações e diz que Serjão deve aprender a respeitar os colegas.

"O senhor está alterado, companheiro. Eu acho que o senhor não tem condições de enfrentar isso aqui. Vá fazer a sua política" - respondeu Cida em meio a gritos descontrolados de Serjão.

A confusão aumenta com troca de acusações e de provocações de ambos os lados. A Mesa Diretora tenta intervir, mas a essa altura "o circo já estava armado".

O escândalo só é interrompido quando a vereadora Cida Boiadeiro abandona sua cadeira e se retira.

Assim, a Casa que deveria prezar pelo decoro afasta ainda mais a credibilidade ante à população. O comportamento apresentado nessa ocasião reflete opiniões diversas que circulam pela cidade de que está faltando seriedade na Casa das Leis.

Salvo raras excessões, constantemente o que se vê é projetos de lei sendo aprovados e, logo em seguida, virando chacota pelo descrédito angariado com cenas como da última sessão.

Dessa forma, a reunião prosseguiu e não se sabe dos vereadores envolvidos se a postura lhes causou vergonha ou foi apenas uma expressão típica da falta do mínimo bom senso com relação a tal cargo para qual foram eleitos.

Por: Redação MDD

Envie uma notícia
Curta nosso perfil

Para comentar esta notícia é necessário entrar com seu login no FACEBOOK.

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.

Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie.