carregando...

Ouça ao vivo a nossa rádio

Policial Militar pede para ter relação sexual com filhas da namorada como 'prova de amor'

[Policial Militar pede para ter relação sexual com filhas da namorada como 'prova de amor' ]
30/09/2015 21h44 Em: Polícia comentários

Um policial militar do 14º Batalhão, em Sousa, no interior da Paraíba, foi afastado das funções na manhã desta quarta-feira (30) depois que vazou uma conversa em que ele pede para que a namorada facilite sexo para ele com as duas filhas dela, de 4 e 14 anos. Nas mensagens investigadas, o homem chega a pedir que a mulher dope as duas meninas para que ele possa ter relação sexual com elas.

 

Troca de mensagens mostra homem pedindo para tirar a virgindade da filha de sua companheira

 

A conversa foi divulgada pela própria adolescente de 14 anos, que flagrou a conversa no celular da mãe. O soldado escreve pedindo à mulher que ela o ajuda a manter relações sexuais com as filhas como "prova de amor", para que ele possa satisfazer sua "obsessão".

De acordo com o major Rômulo Ferreira, comandante do 14º Batalhão, o PM suspeito foi afastado das funções até o fim das investigações. Ele diz que a PM não descarta que se trate de uma tentativa de prejudicar o soldado com um perfil falso. Em nota, o subcomandante do 14º BPM lamentou o fato e afirmou que a corporação "não se furtará da atribuição da responsabilidade na esfera administrativa militar caso haja a comprovação probatória do cometimento do crime ou transgressão da natureza militar”.

Tanto o PM como a mulher serão chamados para prestar depoimento na delegacia da cidade.

Na troca de mensagens, o homem pede que a mulher realize um desejo dele. "Vc (sic) terá a chance de me dar a maior prova de amor do mundo... Q (sic) é a sua própria filha", diz uma das mensagens. Em seguida, ele diz que comprou os remédios e que vai na casa da namorada entregá-los.

A mulher responde dizendo que fará tudo que ele quiser, menos dar a virgindade de uma das filhas e pede para que ele pense melhor. Ela ainda diz que não iria se perdoar por isso e que não acredita que o relacionamento tenha chegado a este ponto.


 

Envie uma notícia
Curta nosso perfil

Para comentar esta notícia é necessário entrar com seu login no FACEBOOK.

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.

Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie.