Ouça ao vivo a nossa rádio

Pai morre ao defender a filha de ladrão que invadiu a casa da família

[Pai morre ao defender a filha de ladrão que invadiu a casa da família ]
22/06/2020 10h59 Em: Polícia comentários

O Eunápolitano Robenilson Bento Lira, de 32 anos, foi morto a tiros ao defender a sua filha, de apenas seis anos, durante uma tentativa de roubo e estupro na cidade de Ipatinga/MG, onde residia e trabalhava.

O crime aconteceu na madrugada do último domingo, dia 21, por volta das 5:00hrs da manhã.

Robinho, como era mais conhecido, acordou ao ouvir os latidos do cachorro da família. Ao se dirigir ao quarto da filha, ele encontrou o criminoso já dentro do comodo e a criança despida sobre a cama.

Graças a ação do pai, alertado pelo cão, a criança não foi estuprada. Assustado por ter sido visto, o criminoso desferiu um tiro contra Robinho, atingindo suas costas e transfixando pelo abdômen.

Mesmo ferido, Robinho ainda entrou em luta corporal com o bandido, juntamente com sua esposa. O criminoso conseguiu fugir pulando uma janela.

Uma equipe do Samu foi chamada para prestar os primeiros socorros e o encaminhou para o Hospital Márcio Cunha, onde, ao chegar, foi imediatamente levado para o centro cirúrgico, porém, devido à gravidade do ferimento, ele não resistiu e foi a óbito, na tarde deste domingo por volta das 14:00hrs.

O local do crime foi periciado por equipes da Polícia Civil, enquanto equipes da Polícia Militar fizeram rondas em busca do autor do crime. Ainda na manhã deste domingo, João Vitor Silva Pereira, de 20 anos, foi apresentado na delegacia de Polícia Civil, após a polícia ter estouraado uma boca de fumo no bairro Planalto.

João Vitor saiu da cadeia há 45 dias, ele havia sido preso por roubo à mão armada, mas já tinha passagens por tráfico de drogas.

Em interrogatório, João Vitor confessou a autoria do crime, mas alegou que não tinha à intenção de estuprar a criança e que seu objetivo era o de roubar pertences da família. Apesar da alegação, o autor confesso responderá por homicídio e tentativa de violência sexual contra a criança. A polícia segue investigando o caso.

 

 

Fonte: girodenoticias.

Envie uma notícia
Curta nosso perfil

Para comentar esta notícia é necessário entrar com seu login no FACEBOOK.

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.

Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie.

útilmas postadas

? 335 x 150
? 335 x 150
? 335 x 150
? x