Ouça ao vivo a nossa rádio

Nuvem de gafanhotos se aproxima e está a 100 quilômetros do Rio Grande do Sul

[Nuvem de gafanhotos se aproxima e está a 100 quilômetros do Rio Grande do Sul ]
28/06/2020 12h43 Em: Nacional comentários

Os gafanhotos estão cada vez mais próximos do Estado. A nuvem de insetos, que na quarta-feira (25) estava cerca de 250 quilômetros da fronteira do Rio Grande do Sul com a Argentina, neste sábado (27) está, aproximadamente, 100 quilômetros a oeste de Uruguaiana. O levantamento foi feito na sexta-feira (26) pelo Serviço Nacional de Saúde e Qualidade Agroalimentar da Argentina (Senasa), que localizou a nuvem de gafanhotos 90 quilômetros a oeste da cidade Argentina de Curuzú.

O Senasa pede que a população avise se avistar a nuvem de gafanhotos, que está sendo monitorada pela instituição, que aplica defensivos fitossanitários para reduzir a infestação do inseto que ameaça lavouras e pastagens. A preocupação entre os argentinos é que a nuvem de gafanhotos ataque as plantações de trigo e aveia, que estão em fase de crescimento, além do pasto dos animais.

Segundo o Senasa, uma nuvem de gafanhotos é capaz de consumir uma quantidade folhas equivalente a uma colheita capaz de alimentar 2.500 pessoas em um dia.

A dieta do inseto varia, conforme a espécie, entre folhas, cereais, capim e outras gramíneas. De acordo informações repassadas à Secretaria da Agricultura, Pecuária e Desenvolvimento Rural do Rio Grande do Sul, a nuvem é originária do Paraguai, das províncias de Formosa e Chaco, onde há culturas de cana-de-açúcar, mandioca e milho. A espécie é Schistocerca cancellata.

O deslocamento dos gafanhotos depende da circulação dos ventos e da temperatura. Os insetos preferem temperaturas mais altas. Segundo o Instituto Nacional de Meteorologia, os ventos no Rio Grande do Sul terão intensidade entre fraca e moderada na direção sul-leste neste fim de semana.

 

 

Fonte: jornalnh

Envie uma notícia
Curta nosso perfil

Para comentar esta notícia é necessário entrar com seu login no FACEBOOK.

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.

Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie.

? x