Ouça ao vivo a nossa rádio

Lajedão: Funcionários da “Casa do Terror” matam desafeto a golpes de marreta

[Lajedão: Funcionários da “Casa do Terror” matam desafeto a golpes de marreta ]
20/03/2016 10h45 Em: Polícia comentários

 

 

Na madrugada do último sábado (19), por volta das 02:30, policiais do 3º Pelotão sediado em na cidade de Lajedão, foram acionados para atender uma possível ocorrência de agressão. Quando a guarnição chegou à Praça Plínio Dantas, os militares abordaram dois elementos identificados como sendo Lucélio Ferreira de Souza e Alcides Oliveira Souza Filho. Durante a abordagem os policiais foram informados por populares que os dois elementos juntamente com o adolescente de iniciais W.M.S, que havia evadido do local, agrediram uma pessoa que apenas foi identificada como sendo Germano, vulgo Galego.

 

  

 

A vítima foi encaminhada ao posto de saúde para os primeiros atendimentos e posteriormente transferido para o hospital de Medeiros Neto, por uma ambulância do Samu, com suspeita de traumatismo crânio encefálico. Germano não resistiu aos ferimentos sofridos na cabeça e veio a óbito.

 

   

 

Os suspeitos foram conduzidos a Delegacia de Lajedão e foi lavrado um auto de prisão em flagrante contra Lucélio e Alcides pelo Delegado Charlton Fraga Bertolini, responsável pelo plantão regional, o qual indiciou os dois elementos no artigo 121, parágrafo 2º, inciso I e IV do código penal.

 

  


A guarnição do 3º Pelotão continuou em diligencia na tentativa de localizar e apreender o menor fugitivo envolvido na ocorrência. E na tarde de sábado por volta das 16:20, o Sargento PM Iris Dionil, recebeu uma informação anônima sobre um indivíduo com as mesmas características do menor que havia evadido-se, sendo que foi diligenciado de imediato uma guarnição e apreendeu o menor W.M.S de 16 anos de idade, morador da cidade de Teixeira de Freitas, o qual de imediato assumiu a participação no crime de homicídio contra Germano.

 

O menor levou os policiais até o local do ocorrido, onde foi encontrada a marreta, objeto usado por ele e Lucélio, para matarem a vítima com golpes na cabeça.

 

 

 

 

O menor foi apresentado na Delegacia onde foi lavrado um auto de apreensão em flagrante pelo Delegado Charlton Fraga Bertolini, o qual comunicou os procedimentos às autoridades competentes.

 

Apurou-se que a motivação do homicídio, foi uma "rixa” criada entre Germano contra Lucélio e o menor, pois Germano havia acusado os autores de terem furtado alguns objetos pertencente a ele (Germano). Na noite do crime de homicídio, após encerrarem as atividades na "Casa do Terror” eles saíram para beber e decidiram matar Germano que dormia no interior de um caminhão com carroceria fechada. Ainda segundo o menor, ele e Lucélio espancaram a vítima enquanto Alcides vigiava a área. Após a sessão de espancamento, Lucélio pegou uma marreta e disse: - "Cobra se mata batendo na cabeça” e desferiu dois golpes contra a cabeça de Germano, e ele o (menor) desferiu um golpe.

 

O corpo de Germano se encontra no IML de Teixeira de Freitas, aguardando parentes para o reconhecimento. Ate o fechamento dessa edição seu corpo não havia sido identificado.

Envie uma notícia
Curta nosso perfil

Para comentar esta notícia é necessário entrar com seu login no FACEBOOK.

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.

Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie.

útilmas postadas

? 335 x 150
? 335 x 150
? 335 x 150