Itanhém: Justiça cancela eleição e afasta Sasdelli Resende da presidência da Câmara

[Itanhém: Justiça cancela eleição e afasta Sasdelli Resende da presidência da Câmara  ]
05/07/2019 12h10 Em: Itanhém comentários

O juiz remoto, da comarca de Eunápolis, Otaviano Andrade de Souza Sobrinho, no final da tarde desta quarta-feira (3), anulou a eleição da mesa diretora da Câmara de Itanhém para o biênio 2019/2020, ocorrida no dia 13 de setembro do ano passado, quando o Legislativo Municipal era presidido por Ronaldo Correia (PC do B).

Desta forma, o testa de ferro da prefeita Zulma Pinheiro (MDB) foi afastado da presidência

Na sua decisão, o magistrado determina a realização de outra eleição no prazo de 30 dias. Nesse período, o Legislativo volta a ser presidido por Ronaldo Correia, conforme determina o regimento interno da Câmara em caso de vacância do cargo do presidente.

De acordo com o site ÁguaPretaNews, a ação é de autoria do vereador Deilton Porto, o Caboquinho (DEM), que alegou que a eleição foi realizada “de modo abusivo e em flagrante violação ao que dispõe o regimento interno da Câmara de Vereadores de Itanhém”.

Com informações: ÁguaPretaNews

Itanhém: Justiça cancela eleição e afasta Sasdelli Resende da presidência da Câmara

Envie uma notícia
Curta nosso perfil

Para comentar esta notícia é necessário entrar com seu login no FACEBOOK.

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.

Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie.