Ouça ao vivo a nossa rádio

Engenheiro que matou esposa em Porto Seguro tem prisão convertida em preventiva

[Engenheiro que matou esposa em Porto Seguro tem prisão convertida em preventiva ]
05/01/2022 19h11 Em: Bahia

A prisão em flagrante do engenheiro Reges Amauri Krucinski, de 43 anos, suspeito de matar a tiros a esposa, Juliana de Freitas Alves Krucinski, 41, foi convertida em preventiva pelo Tribunal de Justiça da Bahia (TJ-BA), segundo informou a Polícia Civil.

A vítima foi atingida por disparos de arma de fogo no último dia 31, na noite de réveillon, em Porto Seguro, no extremo-sul do estado. Uma equipe do serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) foi acionada e constatou o óbito.

Reges foi preso e confessou o crime, sendo autuado em flagrante. A 1ª Delegacia Territorial (DT/Porto Seguro) está responsável pela apuração do feminicídio.

Caso

 
Policiais do 8º Batalhão da Polícia Militar (BPM/Porto Seguro) foram acionados por volta das 18h30 da sexta com a denúncia de que tiros foram ouvidos em um condomínio na Rua Sophia Loren. Ao chegar no local, já encontraram Juliana ferida, recebendo atendimento.

De acordo com o Radar64, o assassino confesso é engenheiro e foi preso com três armas em uma rua próxima ao local do crime, ensanguentado. O crime aconteceu durante uma briga e teria sido presenciado pela filha de Juliana, de 10 anos, e uma babá.

 
Segundo o site, a família morava há poucos meses em Porto Seguro. Juliana deixa outro filho, um bebê fruto do relacionamento com Reges.

Armas apreendidas

 
Ele até tinha registro de posse de arma concedido pela Polícia Federal, mas chamou a atenção dos policiais o arsenal encontrado na casa do engenheiro Reges Amauri Krucinski, 43 anos, que matou a esposa em Porto Seguro, sul da Bahia. Foram três armas, sendo uma pistola 380, um revólver 357, uma espingarda 12 e mais de 160 munições de diferentes calibres que foram encontrados na casa do casal.  

“Incursões na casa resultaram no encontro da arma que foi utilizada no crime. Esse autor era atirador, com armas registradas. Outras armas foram encontradas e apreendidas”, afirmou o delegado Marcus Vinicius ao G1. Ele também informou que a vítima foi atingida três vezes na cabeça e uma no tórax, na última sexta-feira (31), noite de réveillon.  

Ao CORREIO, a assessoria de comunicação da Policia Civil confirmou que três armas e munições foram encontradas e encaminhadas para a perícia. Já sobre a quantidade de perfurações, o órgão disse que só o laudo médico do Departamento de Polícia Técnica (DPT) poderá informar.  

correio24horas

Envie uma notícia
Curta nosso perfil

Para comentar esta notícia é necessário entrar com seu login no FACEBOOK.

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.

Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie.

útilmas postadas

? 335 x 150
? 335 x 150
? 335 x 150