Ouça ao vivo a nossa rádio

Departamento de Cultura promove novo censo cultural dos artistas de Medeiros Neto; participe

[Departamento de Cultura promove novo censo cultural dos artistas de Medeiros Neto; participe ]
05/07/2020 22h59 Em: Medeiros Neto comentários

A Secretaria Municipal de Educação e Cultura, através do Departamento de Cultura, da Prefeitura de Medeiros Neto, abriu um novo processo de identificação e organização dos artistas e trabalhadores envolvidos no fazer cultural do município.

O Cadastro Artístico-Cultural de Medeiros Neto busca realizar um levantamento de artistas de todas as áreas: audiovisual, artes plásticas, artes gráficas, teatro, dança, música, literatura, circo, entre outros.

Segundo o diretor do Departamento de Cultura, Eudes Brito, o recenseamento é um importante instrumento para fazer chegar ao auxílio emergencial da Lei Aldir Blanc, aos que se enquadrarem.

“É importante que cada pessoa física ou pessoa jurídica envolvida com atividade cultural seja identificado pelo Município. O auxílio será direcionado por meio de análise dos critérios estabelecidos. Também poderemos atualizar, checar as informações e direcionar melhor todos os recursos. O cadastro é feito de forma online, obedecendo às medidas de prevenção e contingenciamento contra o coronavírus”, explica Eudes.

O diretor de Cultura ainda acrescenta que, em 2017, logo no início da gestão atual, da prefeita Jádina Paiva, foi realizado o censo cultural de suma importância para as ações voltadas ao setor, mas mesmo os artistas que já participaram devem inserir seus dados na plataforma virtual. Ele destaca que o procedimento é rápido e simples, através da Google Forms.

Acesse o formulário para pessoa física clicando AQUI

Acesse o formulário para pessoa jurídica, clicando AQUI

Dúvidas diversas podem ser encaminhadas ao E-MAIL

Sobre a Lei Aldir Blanc

A Lei 14.017/2020, denominada de Lei de Emergência Cultural Aldir Blanc, dispõe sobre ações emergenciais destinadas ao setor cultural a serem adotadas durante o estado de calamidade pública.

Com sanção do presidente da República, ficou assegurado o valor total de R$ 3 bilhões a serem divididos de forma igualitária entre Estados e Municípios. Sendo assim, os 5.568 Municípios brasileiros receberão R$ 1,5 bilhão a serem distribuídos em ações como renda emergencial aos trabalhadores da cultura.

No texto da lei, é previsto

* o pagamento de auxílio de R$ 600 por três meses para trabalhadores da cultura: artistas, contadores de histórias, produtores, técnicos, curadores, trabalhadores de oficinas culturais, professores de escolas de arte e capoeira, entre outros;

* subsídio para manutenção de espaços artísticos e culturais, microempresas e pequenas empresas culturais, organizações culturais comunitárias, cooperativas e instituições culturais;

* além de editais, chamadas públicas, prêmios, aquisição de bens e serviços vinculados ao setor cultural e outros instrumentos destinados à manutenção de agentes, de espaços, de iniciativas, de cursos, entre outros.

 

Fonte: Depto de Comunicação

Por: Ascom

Envie uma notícia
Curta nosso perfil

Para comentar esta notícia é necessário entrar com seu login no FACEBOOK.

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.

Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie.

? x