carregando...

Ouça ao vivo a nossa rádio

Cartão de crédito consignado da Caixa começa a valer em todo o país

[Cartão de crédito consignado da Caixa começa a valer em todo o país ]
22/07/2019 13h38 Em: Nacional comentários

Aposentados e pensionistas do Instituto Nacional do Seguro Social (INSS) de todo o país podem contratar, a partir desta quarta-feira (dia 22), o cartão de crédito consignado da Caixa Econômica Federal. O projeto-piloto havia sido lançado em abril, e estava disponível apenas nas agências de Brasília (DF), e agora foi ampliado para os demais estados. O produto tem taxa de juros de 2,85% ao mês e limite de crédito de até 1,4 vez o valor do benefício.

Ou seja, um aposentado que recebe do INSS o valor mensal de R$ 998 (um salário mínimo), teria limite de R$ 1.397,20.

O cartão, que será da bandeira Elo, pode ser usado para compras e tem 95% do limite disponível para crédito em conta. Além disso, não tem cobrança de anuidade e pode ser utilizado no exterior.

A Caixa informou que, com o cartão, o contratante poderá comprometer até 5% do valor mensal da aposentadoria ou pensão. Essa margem não concorre com o limite de 30% do empréstimo consignado.

Vice-presidente de Produtos de Varejo da Caixa, Julio César Volpp Sierra explica que não é necessário receber o benefício nesse banco para obter o cartão.

— É uma solução de crédito interessante para o beneficiário, que não consegue um cartão com muita facilidade no mercado, e, para a Caixa, porque o desconto da mensalidade é feito diretamente no benefício. Com seu uso consciente, o cartão Caixa Simples, inclusive, facilita a organização das finanças pessoais — explica.

No ato da contratação, o cliente interessado será informado sobre todas as condições de uso do produto, além de ser orientado a pagar o valor total da fatura, como forma de promover a educação financeira dos clientes, incentivando a utilização consciente do crédito.

Cartão de crédito consignado da Caixa começa a valer em todo o país

Envie uma notícia
Curta nosso perfil

Para comentar esta notícia é necessário entrar com seu login no FACEBOOK.

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.

Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie.