Caema, Polícia Federal e PM de Alcobaça realizam operação Serra Verde

[Caema, Polícia Federal e PM de Alcobaça realizam operação Serra Verde ]
21/05/2019 11h27 Em: Alcobaça comentários

Por volta das 06h desta terça-feira, dia 21, guarnições da Polícia Federal, Cipe/Mata Atlântica (Caema) e da 88ª CIPM deflagraram operação Serra Verde em Alcobaça. O resultado foi o cumprimento de mandados de prisão e de busca e apreensão, prisão em flagrante e apreensão de drogas e armas de fogo.

O alvo Lídio do Rosário Fonseca, 38 anos, contra o qual havia um mandado de prisão, foi capturado na residência, situada nà rua do Marlim, s/n, bairro Farol. Na casa, foram encontrados aproximadamente 07 quilos de maconha, 500g de cocaína e um revólver calibre 32.

Já no outro endereço para o qual havia mandado de busca e apreensão, a saber, a rua do Atum, nº 518, bairro Farol, foi encontrado aproximadamente 1kg de cocaína em posse de Bruno F. Paixão Tavares, 22 anos.

Em um sítio, na zona rural, foram encontrados aproximadamente 10 quilos de maconha e 03 quilos de cocaína, além de duas armas artesanais.

Os presos foram conduzidos para a delegacia da Polícia Federal em São Mateus, custodiados pela equipe e tendo a imagem resguardada.

A OPERAÇÃO SERRA VERDE

A operação da Polícia Federal visou desarticular um grupo criminoso que atuava na distribuição de drogas nos municípios da Serra/ES e Alcobaça/BA.

Foram expedidos um total de 11 (onze) mandados de busca e apreensão, sendo cumpridos seis no município de Serra/ES, quatro na cidade de Alcobaça/BA e um em Armação de Búzios/RJ.

Foram expedidos cinco mandados de prisão, sendo, ao todo, quatro cumpridos nas cidades de Serra/ES, Foz do Iguaçu/PR e Alcobaça/BA, estando um investigado foragido.

O fornecedor da substância entorpecente foi identificado e preso na cidade de Foz do Iguaçu/PR e foi cumprido Mandado de Busca e Apreensão em sua residência atual na cidade de Armação de Búzios/RJ.

Participaram da Operação 57 (cinquenta e sete) policiais federais, além das Polícias Militares da Bahia e Espírito Santo e cães farejadores dessas instituições.

As investigações tiveram início em fevereiro de 2019 e permitiram identificar a rede de distribuição e seu fornecedor de drogas, de modo que as prisões certamente vão interromper por completo as atividades ilícitas realizadas pelo  grupo.

Foram apreendidos uma arma de fogo, drogas e ferramentas usadas no preparo da droga para distribuição.

O trabalho policial continua em andamento.

Por Elizeu Portugal/OSollo

Para comentar esta notícia é necessário entrar com seu login no FACEBOOK.

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.

Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie.

útilmas postadas

? 335 x 150
? 335 x 150
? 335 x 150