Ouça ao vivo a nossa rádio

Caema conduz três por furto de gado; carne é apreendida e menor de idade é encaminhada ao Conselho Tutelar

[Caema conduz três por furto de gado; carne é apreendida e menor de idade é encaminhada ao Conselho Tutelar ]
14/06/2022 20h26 Em: Polícia

Uma guarnição da CIPE-Mata Atlântica realizava policiamento ostensivo, através de rondas na zona rural de Medeiros Neto, quando receberam uma denúncia de populares, dando conta de que indivíduos haviam furtado um animal bovino, em uma fazenda, abatido e escondido a carne na residência de um dos autores.

Com a informação em mãos, a guarnição foi até a propriedade informada, que fica localizada às margens da BA-290, trecho Medeiros/Itanhém, próximo a Santa Luzia do Norte (Patioba), onde verificaram a veracidade da denúncia.

No local, além do animal abatido, foram encontrados os três autores, sendo eles Israel Silva de Jesus Lacerda – o Caveirinha, Ilmarques Pereira de Matos Filho e M.S.S, juntamente com uma menor de 14 anos de idade.

Caema conduz três por furto de gado; carne é apreendida e menor de idade é encaminhada ao Conselho Tutelar

O indivíduo conhecido como “Caveirinha” contou à redação do Medeiros DiaDia que eles trabalham em uma determinada fazenda, às margens da BA-290, e que o gado vizinho estava arrebentando a cerca da propriedade e que, após ter consertado por diversas vezes, na última sexta-feira (10), depois de terem tocado o gado, uma vaca “deu a testa” os atacando, o que fez com que um deles dessem uma paulada na cabeça do animal. Como era final de expediente, eles foram embora.

No dia seguinte (sábado, 11), Caveirinha e Iomarques retornaram ao local, avistaram a vaca no mesmo lugar e, segundo Caveirinha, como ela estava quase morrendo, eles terminaram de matar o animal, fazendo uso de um machado. Tanto Caveirinha quanto Ilmarques isentaram M.S.S de participação no furto e no abate do anima.

Caema conduz três por furto de gado; carne é apreendida e menor de idade é encaminhada ao Conselho Tutelar

Além do crime de furto e abate clandestino, os policiais descobriram que a adolescente de 14 anos vivia maritalmente com Ilmarques Pereira de Matos Filho. Todos foram conduzidos à Delegacia de Medeiros Neto onde ficaram à disposição da autoridade policial.

A adolescente foi encaminhada ao Conselho Tutelar para que fossem tomadas as devidas providências. A carne do animal, que pesava cerca nove arrobas, foi apreendida.

 

 

Por: MDD

Envie uma notícia
Curta nosso perfil

Para comentar esta notícia é necessário entrar com seu login no FACEBOOK.

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.

Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie.

? x